Medo de errar

38 Flares Twitter 1 Facebook 37 Google+ 0 Email -- 38 Flares ×

A vida exige da gente muitas coisas. Crescer, amadurecer, conquistar, lutar, aceitar, resolver, compartilhar, curtir e por ai vai. Mas acho que nós nos exigimos muito além disso tudo.abismo

Não queremos só crescer, queremos fazê-lo da melhor maneira possível, dentro do que nos é dado. Não basta lutar e conquistar, tem que ser o melhor, no melhor momento e da melhor forma. De preferência ganhando mais e fazendo menos.

Tudo isso é muito válido e necessário. Não podemos de jeito nenhum ser medíocres ao utilizar nossos talentos e nossas forças. Mas muitas vezes esse pensamento nos faz ter a ideia de que somos infalíveis. Super-heróis. Não podemos falhar, não podemos nunca ser menos, pelo menos achar que somos menos.

É uma pressão muito grande que nem sempre é positiva. Quem nunca teve um pensamento assim: “eu tenho que escolher isso ou aquilo, e tenho que fazer a escolha certa. Porque tudo que eu escolho tem consequências. E se não der certo, minha família vai saber, meus amigos vão saber e, principalmente, eu vou saber. Não vou me perdoar se der errado.”

E a grande questão é: qual é a escolha certa?

No meu ponto de vista, é aquela que você fez. Até porque, mesmo que não tenha sido a melhor escolha para o momento, ao optar por ela você irá fazer de tudo para que ela seja a certa.

Muita gente fala, e eu também já pensei assim: “melhor não fazer, não tentar, não me apaixonar etc, porque eu posso sofrer e me machucar muito”. Sim, você pode. E provavelmente vai. Mas também vai passar momentos incríveis. Vai sair do lugar comum. Vai ultrapassar limites. E o principal, vai ver que não se morre porque não deu certo. Na verdade, acho até que se vive mais! Porque vai ter história pra contar, vai ter experiência pra dizer o que vale a pena ou não.

Até porque não existe “a” pessoa certa, ou “o” emprego certo, ou “o” momento certo. Porque tudo isso depende das escolhas que fazemos a cada momento. E que nem sempre são definitivas, estanques, estáticas. Se a gente não aprende a curtir a viagem, não teremos o menor prazer em chegar ao nosso destino!

Eu tinha muito medo de arriscar. Simplesmente porque tinha muito medo de ter que admitir que fracassei e que não sei o que fazer agora. Até que um dia eu parei para pensar: se eu sou capaz de perdoar os erros dos outros, entendê-los e muitas vezes ajudá-los a superar o problema, porque não ajo assim comigo mesma? Porque sou a única que não pode errar?

No fim das contas, ainda que tenha dado tudo errado, que pareça um fracasso, não deixa margem ao arrependimento. Ao famoso “e se…”. Você foi lá, fez, tentou, aprendeu, se divertiu, cresceu, sofreu, amou… Como pode isso ser um fracasso?

Temos que fazer o melhor com aquilo que nos é pedido, mas não precisamos ser infalíveis. Simplesmente porque não somos perfeitos e nem temos a clareza de tudo que engloba as nossas decisões.

 

 

5 ideias sobre “Medo de errar

  1. To vivendo isso tb, me arriscando e mergulhando de cabeça! E to adorando!

  2. Oi Ane!
    Excelente texto esse seu!
    Inclusive, pra mim chegou num momento massa em que precisava de um “sinal” para dar um upgrade em minha vida.

    Forte abraço.

    Continue postando que continuarei lendo e comentando.

  3. E quando você acha que sabe no que vai dar e não quer mais tentar….
    O que fazer? Errar de novo ou nem tentar?

    *Sempre escrevendo textos tocantes!!!

    Fica bem, fica com Deus!!!

    • É difícil dizer porque cada caso é um caso. Acho que é necessário perceber se o não querer tentar é por medo, ou por saber que não vai dar certo. Se for por medo o importante é se lançar além dele. Mas se não quer mais tentar, talvez não seja bom forçar mesmo, né?
      Obrigada pelo seu comentário!!
      Fica com Deus tb!

Os comentários estão fechados.