Prazer, novo eu

18 Flares Twitter 1 Facebook 17 Google+ 0 Email -- 18 Flares ×

wifi 1Eu assisti a uma palestra do Mário Sérgio Cortella em que ele dizia que nós somos a versão mais atualizada de nós mesmos. Concordo totalmente. Essa é minha mais nova versão de 2014 escrevendo esse texto para vocês.

Mas do que na noite de réveillon, acho que o ano começa mesmo na hora em que você traça as novas metas para o ano seguinte. A festa, os fogos, a bebida e os amigos são, para mim, um rito de passagem, um marco para dizer: é, acabou o ano e começou outro. Mas se não colocamos no papel o que queremos para aquele ano, não podemos falar em nova versão, ou novo ano. Vai ser mais do mesmo.

Acho que essa ideia de atualização é bem válida. Toda vez que ligo o Wifi do meu celular eu vejo um monte de programas que aproveitam para serem atualizados. Muitas vezes nem vemos a diferença quando usamos o aplicativo, por ser algo pequeno ou muito técnico. Mas tem uns que mudam completamente. E sempre para melhor. Sempre para ir de encontro às necessidades do usuário. 

É mais ou menos assim na nossa vida. Quando a gente senta e pensa aonde queremos mudar, quais as metas a alcançar e qual o período limite (isso é muito importante ao se traçar objetivos) nós estamos ligando o Wifi da nossa consciência.wifi Conectando nossos pensamentos com nossos desejos, nosso racional com o nosso emocional. Uma conexão que permite as atualizações necessárias na nossa vida. Algumas delas até imperceptíveis, mas completamente indispensáveis para o bom funcionamento da vida.

Toda mudança na nossa programação é importante e bem vinda. Toda atualização é necessária, ainda que dolorosa. E dói sim, muitas vezes. Porque uma atualização no nosso sistema é uma aceitação da morte de uma versão anterior. Uma vez que se atualiza, não tem como voltar para o que era antes. Não tem como voltar a agir como agia, pensar como pensava, querer o queria.

Toda morte, ainda que de atitudes supérfluas ou desnecessárias, continua sendo morte. E isso causa dor, porque causa despedida. Mas faz parte do crescimento, porque crescer dói. E é na superação dessa dor que nos fortalecemos. É exatamente ai que entendemos que nada pode nos impedir de melhorar a não ser nós mesmos.

Só não cresceremos se nunca ligarmos esse Wifi que permite a atualização do sistema. Porque a verdade é que quando refletimos sobre nossas vidas e aonde queremos chegar, as atualizações já são automáticas.

E ao longo do ano temos que continuar permitindo essa renovação. Não basta agora traçar um plano de vida e esquecê-lo na gaveta. De tempos em tempos precisamos voltar a ele e ver se estamos caminhando para onde queremos. E ligar novamente o nosso Wifi para as atualizações disponíveis naquele momento da vida.

E aproveitar esses momentos também para decidir quais aplicativos não são úteis para o seu modo de vida e as atualizações feitas, e descartá-los.

E de posse do aplicativo atualizado, é imprescindível dar-se tempo para conhecer as mudanças. Ver como agimos a partir de agora. Algumas coisas, por serem melhoradas, são mais fáceis de lidar e pensaremos: “nossa, muito melhor agora”. Outras serão mais difíceis de acostumar. Mas para elas basta a fé de que o tempo ajudará a mostrar como elas são muito melhores que as anteriores. E o único que precisamos para isso é desapegar.

Eu sempre aproveito essa sensação de “tudo novo de novo” para repensar minhas metas e meu plano de vida. Apenas sigo algumas regras: 1- analiso as metas do ano anterior e vejo quais cumpri e o que precisa de continuidade no novo ano; 2- busco ver se são metas possíveis; 3- reavalio meus sonhos e desejos da forma mais racional e realista possível; 4- me certifico que eu possa medir se alcancei ou não ao longo do ano; 5 – alinho-as para que estejam dentro do meu modo de vida e me levem a ser mais quem eu sou.

Convido a todos que façam seu plano de vida. Liguem seu Wifi. Conectem-se com sua última versão. E se deixem atualizar pela vida, pelas metas e pelos sonhos a alcançar! E não se cansem de conhecer essa nova versão que surge. Seja bem vinda a última e mais atualizada versão de nós mesmos!